quinta-feira, 28 de outubro de 2010

MEMÓRIAS DA FORÇA AÉREA PORTUGUESA 1981 - 1982



Serviço Militar na FAP 1981-1982 BA3 e AT1

Uma das experiências mais enriquecedoras que tive na minha vida, foi sem dúvida a passagem pela FAP.

No dia 5 de Janeiro de 1981 comecei a recruta em Tancos BA3, onde rapidamente me adaptei ao regime militar.

No final da recruta fiquei classificado em 2º. lugar (entre 30 recrutas), no global das provas: físicas, tiro, ordem unida e teórica.

Optei por seguir a especialização em Sapador Bombeiro de Aeronaves, curso que viria a ser muito interessante.

No final do curso classifiquei-me em primeiro lugar, tendo sido agraciado com uma lembrança pelo então CEMFA, General Lemos Ferreira, numa cerimónia que decorreu na placa da BA3, recebendo igualmente as divisas de 1º. Cabo.

Fui então colocado no AT1 (Aeroporto da Portela-Lisboa), assumindo as funções de responsável pelo Serviço de Incêndios na Base.

No AT1 tive experiências que me marcaram, como o facto de ter assegurado a assistência (1ª. intervenção em caso de incêndio) ao Puma que transportou S.S. o PAPA JOÃO PAULO II, aquando da deslocação ao Santuário de Fátima em Maio de 1982.

Nesse dia fui convidado a acompanhar a comitiva transportada nos Helicópteros Puma da FAP , tendo efectuado o voo no Aviocar (Meteo) da BA1, sobrevoando o Santuário e assistindo ao pousar do Puma num campo de futebol em Fátima.

Uma situação, engraçada, foi ter vindo várias vezes de fim de semana a Faro, fazendo o percurso até à BA11 (Beja) voando como passageiro no Cessna FTB (puxa-empurra) do Correio, e o resto da viagem a "dar ao dedo" até ao Algarve.

Guardo boas recordações da FAP, principalmente do então Capitão Rui Dinis de Sousa, que sempre me apoiou e permitiu remodelar e melhorar o Sistema contra Incêndios no Aeródromo Trânsito Nº. 1.

Luis Nadkarni 047705 C